Clareamento dental: Descubra o poder de um belo sorriso

por

Quem nunca sonhou em ter um sorriso digno de um comercial de creme dental? Na busca do sorriso “Estilo Nego do Borel e do Léo Santana”, muitas pessoas fazem loucuras, usam bicarbonato de sódio, limão e sal, vinagre de maçã, carvão mineral, casca de banana. Mas a verdade, é que uma dose de bom senso é fundamental.

Preocupada com essa “onda de clareamentos”, a dentista Andreia Mendes, 33 anos, conta que esse procedimento só deve ser feito com a supervisão e orientação de um profissional capacitado, para que o paciente não sofra complicações. Além de alertar sobre esse risco, a profissional, com mais de 10 anos de experiência, esclarece diversas dúvidas. Confira:

Como é feito o clareamento dental na clínica?

Primeiramente, avaliamos se o paciente se encontra em condições saudáveis para realização do procedimento. Caso sim, o tratamento pode ser realizado. No consultório, fazemos uma profilaxia, isolamos a gengiva, para que não haja contato com o produto e em seguida aplicamos o “peróxido de hidrogênio”, que é o gel clareador e direcionamos o laser sobre os dentes. Ao final da aplicação, o gel é removido, lavamos os dentes e aplicamos outro gel para diminuir a sensibilidade. Em alguns casos, o resultado satisfatório surge já na primeira sessão.

E o clareamento caseiro?

É feito com o mesmo gel, porém, com uma concentração um pouco mais baixa do que se utiliza em consultório. Nesse caso, o paciente leva para casa um kit com o produto, além de uma moldagem para a proteção da gengiva. Em comparação ao clareamento realizado na clínica, o resultado tende a demorar um pouco mais para ser notado.

Esse procedimento pode prejudicar o esmalte do dente ou outro tratamento que o paciente tenha feito?

Não. A única reação que pode ocorrer é uma hiper sensibilidade, que pode ser facilmente tratada com gel dessensibilizante. Após a finalização do tratamento, essa sensibilidade desaparece. Porém, em relação às restaurações, principalmente em dentes anteriores (os da frente), é preciso refazê-las, uma vez que a cor, pós-clareamento fica diferente.

Quais são os cuidados que uma pessoa deve ter após esse procedimento?

Não existe um tipo de cuidado específico, o que a gente recomenda é um controle na alimentação, como consumir menos alimentos que possuem muito corante em sua composição, como: refrigerantes, café, dendê, chá preto, vinho tinto, tomate, cenoura, beterraba. O cigarro também deve ser evitado. Outro cuidado que o paciente precisa ter é com as frutas cítricas, pois elas são mais ácidas e podem gerar desconforto nos primeiros dias pós-tratamento.

O clareamento é permanente ou tem um prazo de validade?

O prazo de validade depende, exclusivamente, do cuidado que o paciente tem no seu dia-a-dia, tanto na questão de higienização quanto na alimentação.

Quanto custa um procedimento como esse?

Em média, um clareamento feito no consultório, custa R$300 por cada sessão. Já o caseiro pode sair por R$400.

Esse texto foi escrito por Joice Santos. Se gostou, diga: tá legal, tá bacana e compartilhe com seus amigos. Se não gostou, diga: melhore, Joice! mas não deixe de compartilhar com seu amigos 😉

E-mail: joicesantos@camacarimulher.com.br

Comentários

comments

Leia Também