Croniquinhas da Aline: Eu te amo (?)

Cabe a nós percebermos o amor nos pequenos gestos

por

Uma amiga estava passando por maus bocados num relacionamento e eu, a psicóloga do momento, escutava com atenção suas queixas frequentes.

– Cê tá pensando que ele diz que me ama? É um ogro! Custa dizer “eu te amo” de vez em quando?
Eu a escutava com atenção, pois era disso que ela precisava naquele momento. Depois de toda a verborragia da garota, entrei com meus dotes do Curso Superior em Psicologia Barata para Amigos Necessitados há tempos concluído. Perguntei-lhe o que ele tinha que a encantava e, depois de um tempinho, pensando, ela me disse como gostava do jeito ogro dele de ser, de como ele vela seu sono quando está de TPM ( Grrrrrr! Sniiiiif! Hahahahaha) e sempre tem um chocolate nessas horas, da forma carinhosa que ele a trata ao telefone. Curiosamente, ela foi falando, os olhinhos foram brilhando e ela esqueceu, inclusive, de que estava reclamando do seu aspirante a Shrek. Dali em diante não precisei dizer mais nada. Ela entendeu que ele a ama, mas do jeito dele.

Exigimos tanto das três palavras mágicas dos filmes, livros , seriados e novelas, que nem percebemos o que nos encanta em alguém. A pessoa deixa a porta aberta para a outra passar? Para na faixa de pedestres para que atravessem? Cede o banco para outa pessoa sentar? Te liga para perguntar como foi seu dia? E aquela balinha que você tanto gosta que apareceu do nada só para lhe arrancar um sorriso? Lava os pratos quando você está cansada (o)? Acorda com um sorriso no rosto e lhe dá AQUELE bom dia com AQUELE sorriso?

Existem mil maneiras de preparar Neston. Existem mil maneiras de dizer EU TE AMO, sem dizer “EU TE AMO”. Cabe a nós, percebermos o amor nos pequenos gestos, nas gentilezas, nos olhares, nos cheiros e nos sabores.

Muito amor nas sutilezas da vida, gente!

Aloha!

Esse texto foi escrito por Aline Guimarães, colunista do Camaçari Mulher. Para ler mais textos dessa deusa avermelhada, geminiana, elétrica, de gargalhada altíssima, clique no nome dela ali em cima e delicie-se!

Comentários

comments

Leia Também