Divulgando e enaltecendo Gilmore Girls

Gilmore Gilrs é leve e um tanto escapista. Assisti-la te deixa feliz, te conforta, te anima, te põe pra cima

por

gilmoregirls

Todos os filmes do mundo. Todos os livros do mundo. E (quase) todas as séries do mundo também. QUASE porque ao contrário da tendência atual, eu sou bem resistente pra começar e me apegar a novas séries de TV. Primeiro por despeito. Explico: tomo as dores do cinema e fico com ciúme das pessoas dizendo que “ah, mas não se fazem mais filmes bons, prefiro séries”. Humpf. Prefiro filmes! E ok que cada um com suas preferências e que tem espaço pra tudo. E que vivemos numa sociedade em que, em termos de mídias, nem precisamos mais escolher, tá tudo cada vez mais integrado etc. Ok.

gilmore-girls-season-1-posterDito isso e deixando a birra de lado, algumas poucas séries são minhas favoritas e muito especiais pra mim. São elas: Mad Men, Sex And The City, Buffy: A Caça Vampiros, Friends, Twin Peaks e GILMORE GIRLS (em caps lock sim porque mentalmente é assim que eu pronuncio, gritando mesmo. Tipo AH MEU DEUS GILMORE GIRLS). Se alguém me perguntar qual a melhor série do mundo, talvez eu diga Mad Men, no sentido de ser mais bem produzida, bem atuada, com mais profundidade e relevância cultural. Mas minha cabeça e coração conseguem sim fazer essa distinção entre coisas que eu acho tecnicamente melhores versus coisas que eu gosto mais. Então, assim: Mad Men pode ser melhor, mas a que eu mais gosto é Gilmore Girls.
d92027b0-bfef-0132-46c2-0e9062a7590aEu comecei a ver Gilmore Gilrs quando era criança, no SBT (emissora responsável por introduzir muita gente ao universo das séries americanas nas manhãs de domingo dos anos 2000). Assistia comendo pão de sal do Bompreço com suco de laranja e eram manhãs muito aguardadas. Mas passou um tempinho e deixei de lado. Só muito depois, lá por 2011, durante uma madrugada insone, me deparei com a série no canal Boomerang. Resultado: AH MEU DEUS GILMORE GIRLS. Desde então vi até o final. Duas vezes. E estou aí, há cinco anos sem interrupção divulgando e enaltecendo o trabalho das minhas divas Lorelai e Rory Gilmore.

E escolhi falar delas aqui porque acho que tem tudo a ver com o espírito do Camaçari Mulher e suas leitoras. Lorelai e sua filha Rory (Rory é apelido, o nome dela é Lorelai também. A mãe repetiu seu próprio nome porque nunca entendeu porque só os homens podiam fazer isso) são as protagonistas da série. Lorelai foi mãe adolescente e solteira. Veio de família rica e conservadora, mas resolveu sair do conforto da casa dos pais para criar a filha com mais liberdade. A vida de Lor e Rory é cheia de independência, autenticidade e de uma cumplicidade que comove. Gilmore Girls é uma série em que todo mundo é carismático: começando pelas protagonistas, passando pelos demais personagens e incluindo a cidade onde tudo acontece. Sim, a própria cidade é uma personagem e também é carismática. Stars Hollow é pitoresca e charmosa, bem como seus moradores, que estão sempre ocupados com maratonas de dança e outros eventos e festivais igualmente excêntricos. Junte a isso uns romances, porque ninguém é de ferro (e prepare-se pra escolher entre os times Dean, Jess ou Logan; Luke ou Christopher), diálogos afiadíssimos (cuidado, elas falam rápido), inúmeras, incontáveis e infinitas referências a livros, filmes e cultura pop em geral, muito café, muita comida e pronto, eis uma série maravilhosa.

gilmore-girls

Gilmore Gilrs é leve e um tanto escapista. Lá os problemas nem são tão grandes assim. Assisti-la te deixa feliz, te conforta, te anima, te põe pra cima. Mas o fato de ser uma série leve não diminui o seu poder de provocar em nós grandes emoções. Que o digam todas as vezes em que eu chorei de soluçar. Vai por mim, mais que uma série, é um tipo de terapia.

Notícia boa: tem tudinho na Netflix.

Outra notícia boa: após nove anos do seu término, teremos em novembro de 2016 o retorno de Gilmore Girls em quatro filmes de 90 minutos cada, produzidos pela Netflix. Quer dizer, dá nem tempo de entrar em crise de abstinência depois de ver as sete temporadas originais 🙂

gilmore-girls-revival-images-feature

Deise Luz é colunista do Camaçari Mulher e só queria ver todos os filmes do mundo. Não é crítica e nem estuda cinema. A função que melhor ocupa é a de uma espectadora fiel, dedicada e ansiosa. Para ler mais textos de Deise, clique no nome dela ali em cima 😉

Comentários

comments

Leia Também