Fit, low carb, light, diet. Qual a diferença?

por

O modo como nos alimentamos vem se modificando ao longo das décadas de forma ampla. Saímos de uma alimentação raiz em que todos os alimentos vinham direto da terra e fomos para a era dos industrializados cheios de conservantes, gorduras e açúcares, com idealização de prolongar a vida dos alimentos e facilitar o dia a dia das famílias. Porém, essa ideia também nos trouxe malefícios em longo prazo, como a obesidade, doenças cardíacas, diabetes, hipertensão, dentre outras. Em seguida, veio a pior era alimentar até então, o perigoso hábito Fastfood onde bebemos e comemos alimentos embutidos, refinados, doces em demasia e com alto teor de sódio. Se a época de consumo anterior já era considerada nociva à saúde, a “fastfood” seria o “fundo do poço” alimentar.

Com o surgimento dos resultados negativos do consumo das últimas eras, vieram também as estratégias científicas para reverter esses efeitos, hoje são tantas informações, receitas e dietas para boa forma e emagrecimento jogadas na mídia que às vezes fica até difícil localizar-se no “planeta alimentação” não é mesmo? Parece que o mundo foi dividido em tribos que partilham do mesmo entendimento e interesse nutricional. E é assim mesmo!

Na realidade, as pessoas estão evoluindo junto com a ciência da nutrição, usando os benefícios dos alimentos que foram transformados em categorias, para alcance dos seus objetivos físicos e necessidades especiais. Vamos entender melhor cada um desses grupos de dieta e para que são indicados a seguir.

Dieta de alimentos light

Essa dieta é baseada em valores calóricos mais baixos ou reduzidos em pelo menos 25% de calorias ligadas ao açúcar e às gorduras, bem como baixo teor de sal em relação aos produtos normais. Uma pesquisa feita pela Indústria Brasileira de Alimentos Dietéticos (Abiad) mostrou que esses produtos estão presentes em mais de 35% dos lares, geralmente indicados para pessoas que fazem dieta e precisam perder peso, mas muitos pecam pelo excesso quantitativo desses alimentos e a dieta não se torna eficaz.


Dieta de alimentos Diet

São Alimentos com restrições de alguns ingredientes, por isso também são conhecidos como produtos “isentos de”, “zero”, “livre de” e “não contém”. Indicados para pessoas que tenham restrição no consumo de alguns ingredientes, como açúcar, gorduras, carboidratos, sódio e lactose. Mas muito cuidado, pois nem todos os produtos industrializados diet contêm poucas calorias, alguns produtos para diabéticos (sem açúcar) possuem uma maior quantidade de gordura para poder manter a textura e o sabor de um produto normal. Por exemplo: o chocolate e o iogurte.

Dieta de Lowcarb

A dieta “lowcarb” propõe reduzir a quantidade de carboidratos ingeridos de 50% que são indicados pelos nutricionistas, para de 45% a 5% do que é consumido em um dia. É importante ressaltar que a redução extrema de carboidratos, algo abaixo de 40% até proporciona o emagrecimento para quem a dieta é indicada, mas não será saudável e pode ter uma série de consequências graves para a saúde. Os carboidratos são alimentos que fornecem energia ao organismo e estão presentes em alimentos como arroz, macarrão, pão e batata.Na falta do carboidrato o corpo vai buscar a energia nos músculos num processo chamado de catabolismo que se refere à perda de massa muscular, e muitos estudos japoneses se referem a essa dieta pobre em carboidratos como “suicida”, pois em longo prazo os adeptos dessa dieta têm maior taxa de mortalidade, então pense bem antes de iniciar.

Dieta Fitness

A dieta “Fit” tem como base o equilíbrio alimentar saudável com a junção de “ingredientes-chave” para um bom desempenho durante as atividades físicas. Essa dieta inclui alimentos funcionais e não podem faltar alimentos ricos em antioxidantes, proteínas como o frango, ovos e os carboidratos de baixo índice glicêmico, como a batata doce e o inhame. A nutrição é utilizada por pessoas adeptas da vida saudável, onde a alimentação faz parte de um conjunto de atividades para o equilíbrio do corpo como um todo.


Lembrando que os alimentos de todas as dietas acima citados também possuem calorias, e quando ingeridos em excesso, contribuem tanto quanto a versão convencional para o ganho de peso. O ideal é que com ou sem restrição de algum produto, a dieta seja balanceada e mais próxima daquela dos tempos mais antigos, a nutrição “raiz”, e que alie a dieta a práticas de atividades físicas e esportes que mantenham o corpo em movimento e em equilíbrio.

Receita light/Fit

Bolinho de banana da terra assado

Ingredientes

2 bananas da terra grandes
100g de queijo tipo mussarela light

Modo de preparo

Cozinhe as bananas até ficarem macias, depois amasse com um garfo, recheie pequenas porções com o queijo e faça bolinhas escondendo o queijo no centro. Unte uma assadeira com óleo de coco e asse os bolinhos em forno pré-aquecido em temperatura média por 20 minutos ou até dourar. Ficam deliciosos e é uma versão mais saudável dos bolinhos comuns!

Carla Cristina é mãe, mulher Fitness e micro empresária. Ela busca viver em equilíbrio através de práticas de alimentação saudável, meditação e atividades físicas. Seu sonho é poder conscientizar o mundo a praticar a vida saudável, para alcance da evolução e qualidade de vida!

Comentários

comments

Leia Também