Viver no Presente: Mudei de opinião, e agora?! 

Por que será que é tão difícil mudar? Em que ponto da nossa vida estamos aprisionados?

por

IMG-20160826-WA0017

O que vão pensar se de uma hora pra outra eu mudar de opinião? Será que não vou parecer incoerente?

Ahh, lá vem o medo dando circuito!

Tenho me perguntado se ter uma opinião formada é sinal de inteligência, pois durante muito tempo acreditei nisso! Durante muito tempo, acreditei que defender o meu ponto de vista como num debate fosse sinal de personalidade! Assuntos sobre religião, política, comportamento de homens ou mulheres, amizades, profissões, como cuidar dos filhos, sempre provocam muita discussão. Resultado?! Muitas vezes ninguém muda a cabeça de ninguém… Afinal, estamos disputando: quem sabe mais?! Quem está certo?! Quem é o mais inteligente?!

Para alimentar o ego, afirmamos: “sou autêntico, pessoas autênticas não mudam de ideia”, “aprendi assim, vou morrer assim” ou, simplesmente, evitamos falar ou pesquisar sobre assuntos os quais acreditamos não ser discutíveis.

Por que será que é tão difícil mudar? Em que ponto da nossa vida estamos aprisionados?

A verdade é que deixamos de aprender, conhecer algo novo, experimentar outra sensação, descobrir o outro lado da situação, por medo de mudar.  Perdemos, assim, a oportunidade de silenciar e deixar fluir.

O universo tem infinitas possibilidades, somos oceano, mas escolhemos ser onda. Escolhemos ser uma parte do todo, escolhemos estar alheios às crenças que cercam nosso mundinho. Assim, nossas  opiniões ficam sugestionadas por tudo o que ouvimos durante a vida, formas de pensar que não foram escolhas nossas e estão sendo apenas reproduzidas…

Muitas vezes, é no silencio que encontramos as mais belas respostas, é no silêncio que ouvimos nosso coração, ouvimos o outro, compreendemos as diferenças. E não se espante, é naquilo que somos mais contrários e intolerantes que encontramos os maiores aprendizados.

As situações de nossas vidas acontecem sempre como têm que acontecer, independentemente do problema que você esteja passando agora, ele precisava estar aí. Talvez ele tenha vindo pra te ensinar algo que precise muito aprender a desenvolver, como a paciência, a tolerância, a gratidão, o perdão, a compreensão…

Eu sei que mudar, às vezes dói. Mudar de opinião pode parecer difícil, mas se pensarmos que podemos fazer isso sem ficar constrangidos,  pode ser  libertador!!! É preciso sair da zona de conforto, é preciso arriscar, buscar conhecimento e ter coragem de mudar. Afinal, estamos aqui para evoluir e evolução não combina com medo nem com intolerância.

Não ter opinião formada sobre alguma coisa nos deixa na condição de eternos aprendizes. Nos deixa atentos, abertos, PRESENTES, prontos para sermos conduzidos pela dança do nosso eu essencial…

Então te pergunto… O que você quer mudar hoje?!

Vai lá e arrebenta, você pode!

Um beijo em seu coração.

Até o próximo artigo!

 

Esse texto foi escrito por Salma Reis, colunista do Camaçari Mulher. Para ler mais textos dessa psicóloga e psicoterapeuta que acredita que o sucesso de um trabalho se faz quando existe confiança, ética e compromisso, clique naquele nome dela ali em cima 😉

Comentários

comments

Leia Também