Viagens

Agente de viagens dá 5 dicas para viajar gastando pouco

Daniele Di Tommasso é Agente de Viagens
Daniele Di Tommaso é Agente de Viagens na CVC

Vender a sogra. Empenhar o namorado. Rifar a melhor amiga. Ganhar na Mega Sena. Fazer malabares no sinal. Cantar música sertaneja no ônibus. Catar as moedas da fonte da juventude! Se você já pensou em todas essas possibilidades e, ainda assim, não encontrou uma saída para financiar a viagem dos seus sonhos, os seus problemas acabaram! A agente de viagens camaçariense, Daniele Di Tommaso, dá dicas para quem quer conhecer novos lugares sem gastar muito e, é claro, trazer na bagagem muitas histórias para contar!

1 – Programe sua viagem com antecedência

Planeje o quanto antes. Assim que souber o período em que poderá viajar, comece a pesquisar o destino que deseja conhecer.

2 -Viaje em baixa temporada

Essa dica é essencial para quem quer reduzir os custos. Você pode economizar, no mínimo, 50% do valor evitando os meses de alta temporada como julho, dezembro, janeiro e fevereiro (quando a maioria das pessoas está de férias). Na baixa temporada, as passagens são mais baratas, os hotéis também e os pontos turísticos não ficam lotados.

3 – Compre a passagem com antecedência

Algumas pessoas não entendem como o mesmo vôo tem preços tão diferentes. Isso acontece porque as companhias aéreas disponibilizam várias tarifas no mesmo vôo, então, um passageiro que compra antecipadamente sempre vai encontrar disponível a tarifa mais barata, já os que deixam para comprar às vésperas da viagem sempre pagarão mais caro, já que as tarifas mais em conta provavelmente esgotaram. Outra coisa muito importante para quem quer economizar é evitar remarcações, pois as empresas sempre cobram multas de remarcações ou qualquer alteração que você queira fazer no bilhete já comprado. Então, se você vai viajar com mais pessoas, veja se todas estão de acordo com os horários e datas dos vôos antes de comprar o bilhete. Depois de emitido, a regra é clara: alterou tem que pagar.

4 – Opte por destinos mais baratos

Quem quer gastar menos, pode optar por destinos que exigem investimento menor. Será uma experiência incrível e com um custo abaixo da média. No Brasil, por exemplo, podemos citar algumas capitais como: Recife, Maceió e Aracaju . Se está programando sua viagem internacional, algumas opções econômicas são Leste Europeu, África, alguns países da América do Sul, Ásia e Europa Ocidental.
5 – Consulte seu agente de viagens

Sim, engana-se quem pensa que os agentes de viagens cobram à parte pelos serviços prestados. O maior pagamento que eles vão receber é a sua satisfação. Ao conhecer o seu perfil, eles vão lhe indicar os melhores destinos, pesquisar as tarifas que se adequam ao seu orçamento, ver as melhores opções de vôos, hotéis e períodos onde cada local está mais barato. O agente de viagens vai te ajudar a economizar muito, e, mesmo após o embarque, você terá alguém sempre pronto a lhe orientar, o que te deixará despreocupado para curtir cada detalhe da viagem.

Gostou? Anotou tudo? Pois Daniele Di Tommaso deixa, ainda, um recado importante: “Lembre-se que a viagem econômica não tem nada de chata ou depressiva, pelo contrário, viajar bem e barato pode ser sinônimo de diversão e boas risadas. Faça as malas e aproveite!”.

cmulhermenor

Comentários

comments