ComportamentoDe Camaçari para o Mundo

De Camaçari para o mundo: Janine está feliz em Portugal

janinebradaoemportugalFaz tempo que Janine Brandão não come a mariscada que só sua avó Lindaura sabe fazer. Faz tempo, também, que ela não abraça os pais, não curte a praia de Jacuípe, não encontra os amigos de infância para bater papo e dar muitas risadas. Há um ano e meio, a Relações Públicas de 24 anos de idade, comprovou algo que, até então, apenas suspeitava: muitas vezes, para conquistar um sonho, é necessário abrir mão de muita coisa.

Ela, que afirma ter sempre cultivado o desejo de ampliar a visão de mundo, sair da zona de conforto e seguir o coração, precisou deixar uma vida inteira para trás quando decidiu embarcar ao encontro de um grande amor na Europa.

Depois de passar os primeiros dois meses na Holanda, a camaçariense foi morar em Portugal e não esconde o perrengue pelo qual passou no começo. “Foi muito difícil, um choque cultural aliado à saudade das pessoas e da Bahia, dificuldade com documentos de legalização e emprego”, lembra. Mas nada disso a desanimou. “Depois de superar parte destes obstáculos, comecei a mudar a percepção sobre o meu novo lugar. Tem sido uma experiência incrível viver aqui, já consegui validar meu diploma, atuar na minha área e fazer muitos amigos”, comemora.

JanineBrandaoCamaçari_Ams
Janine morou dois meses na Holanda

Uma vez na Europa, ela aproveitou, ainda, para colocar em prática algo que adora fazer: viajar. Desde que está lá, visitou países como Bélgica, Espanha, Itália, além da já citada Holanda, onde se rendeu aos encantos de Amsterdã. O entusiasmo com os objetivos que vem conquistando em Portugal, faz Janine pensar, no momento, em voltar para a sua terra somente a passeio.

“Não sinto falta da insegurança que sentia ao ir para casa depois do trabalho, com medo da violência à noite. Por isso quando penso em ir ao Brasil, é somente para matar as saudades das pessoas que eu amo”

janine brandao de camacari para o mundo

Questionada se em algum momento arrependeu-se das decisões que tomou quando optou partir, Janine Brandão é categórica ao responder que não. “Nunca me arrependerei dessa decisão. Deixei tudo pra ser feliz”.

cmulhermenor

Comentários

comments