Bem-Estar

Desmistificando a vida Fitness

Mesmo com toda a popularização da vida Fitness, as pessoas ainda não entendem, e confundem, o que significa viver sob regime e tratam o assunto como tabu. Não se trata apenas de comer folhas, ovos, tapioca e batata doce, e vai muito além das academias de musculação. Para que as pessoas possam entender, de verdade sobre como vivemos, é que resolvi desvendar esse fantástico mundo olhado à distância com preconceito por muitos. Tenho certeza que após a leitura, todos, além de respeitarem, se sentirão motivados a adentrar nessa aventura.

A palavra Fitness tem origem inglesa e significa “estar em boa forma física e equilíbrio psicológico”, ser adepto a essa prática significa viver de forma consciente, dentro de um ciclo de deveres com o corpo e manutenção da saúde psicológica. Entende-se que, para alcance da qualidade de vida, o ciclo deve estar em constante funcionamento, mas que não é um grilhão fadigo que teremos que carregar, é apenas um norte que conduz à felicidade de estar em equilíbrio o tempo inteiro.

A base fitness diz que os passos para se chegar ao equilíbrio são: estabilidade emocional, atividade física e dieta saudável. A estabilidade emocional é buscada através do equilíbrio psicológico, onde o indivíduo realiza o auto-conhecimento para lidar com seus impulsos e emoções, pois muitas das atitudes Kamikazes vem da falta de equilíbrio e ansiedade. Os adeptos usam também válvulas de escape para lidar com a mente e a carga de stress do dia a dia como, por exemplo, a meditação, esportes e atividades saudáveis que lhes tragam bem-estar nos fins de semana.

Sem exercícios físicos não há vida “Fit”. A saúde física depende da prática assídua da movimentação do corpo. Seja qual for a atividade escolhida, deve ser algo que lhe dê prazer em praticar, e sempre estar aberto a mudanças e descobertas de muitas modalidades existentes, assim a rotina se torna algo muito mais fácil de ser encarada sem que se torne maçante e fácil de ser abandonada. Praticar exercícios físicos também complementa a estabilidade emocional, pois ao movimentar o corpo liberamos hormônios como a endorfina e serotonina que são produzidos durante e depois das atividades, eles são responsáveis pelo bem-estar, regulam as emoções, ajudando na redução do estresse e da ansiedade, regulam o sono, além de controlar a temperatura corporal e o apetite, aliviando as nossas tensões.

E para fechar o ciclo fitness está a alimentação equilibrada e saudável, essa se baseia na pirâmide alimentar e seu sentido é a consciência de que a alimentação é para manutenção e desenvolvimento das atividades energéticas do corpo diariamente, e não deve ser encarada como acalanto para a instabilidade psicológica. É importante para quem adentra nessa prática conhecer os alimentos que são colocados à mesa e qual a função de cada um deles em nosso organismo, além de substituir alimentos gordurosos, refinados, industrializados, o excesso ou falta de comida no prato.Deve-se salientar que a reeducação alimentar é o início e está no centro do ciclo saudável, e que nos fins de semana e eventos sociais podemos abrir exceções para alguns alimentos e bebidas fora da rotina equilibrada, mas sempre ponderando para não exagerar e perder a linha.

Como podemos ver, os pilares da vida Fitness não pregam a imagem de marombeiros e musculosos como está indevidamente associada, não que isso seja algo ruim, mas ela foi criada para educar as pessoas na direção da estabilidade, equilíbrio e qualidade de vida. Não se trata de ficar preso em dietas de segundas-feiras, jejum ou excesso de proteínas, nem mesmo deixar de ser feliz em prol de corpos sarados, é apenas uma bússola para quem busca a felicidade de estar em seu próprio corpo todos os dias praticando a vida saudável. Agora que você já descobriu como vivem os adeptos, que tal iniciar a qualidade de vida sendo “Fit”?

Comentários

comments