Dicas

Mamães de Camaçari dão dicas para o Chá de Fraldas

A chegada de um bebê envolve uma série de expectativas, além de inúmeras providências a serem tomadas. São várias coisas a serem definidas e muitos custos envolvidos, principalmente com o enxoval e a preparação do quartinho. Com tudo isso, um dos momentos mais aguardados pelas futuras mamães é o Chá de Fraldas, que além de ajudar a família a economizar um bocado nesta fase bastante dispendiosa, é, também, um tempinho de descontração com familiares e amigos, uma espécie de boas vindas das pessoas próximas ao bebê que está para chegar.

Existem mil e uma maneiras de realizar o Chá, mas alguns detalhes são comuns a todos eles: qual tema escolher? Quantos convidados chamar? Qual o melhor horário para realizar? Que comida servir? Quanto gastar? Para tirar essas e outras dúvidas, o Camaçari Mulher entrevistou algumas mamães de Camaçari que compartilharam suas experiências e deixaram dicas essenciais para um belo Chá de Fraldas. Confira e inspire-se!

chá-maria-Cecilia
O Jardim de Maria Cecília. Fotos: Arquivo Pessoal

(Monique Coelho, 27 anos, cabeleireira, à espera de Maria Cecília)

“Sou mamãe de primeira viagem e muito feliz aguardando a chegada da minha princesa Maria Cecília. Escolhi o tema “Jardim” para o chá de fraldas da minha pequena. É importante escolher um tema com o qual você se identifique, e como eu gosto muito de jardim, plantas e pássaros, o profissional contratado conseguiu inserir tudo isso na decoração, o que me deixou muito satisfeita. Infelizmente, nem sempre podemos chamar todas as pessoas que queremos, sendo assim, considerando o orçamento disponível, selecionei os mais íntimos. É importante escolher um dia que seja cômodo para a maioria dos convidados, assim, a chance de faltarem será pequena. Por isso, escolhi um domingo, no horário de almoço e aluguei um espaço para realizar o evento. Servi um estrogonofe de frango, com arroz e batata palha, além de petiscos, docinhos e sucos, que os convidados gostaram muito. Uma dica primordial para quem vai contratar alguém para cuidar da decoração, como eu, é fazer vários orçamentos, até encontrar aquele que se encaixa melhor em seu bolso, prezando sempre pela qualidade”.

chá-Guilherme
Os Cataventos de Guilherme. Fotos: Arquivo Pessoal

(Cíntia Cerqueira, 36 anos, Administradora de Empresas, mãe de Guilherme)

“Realizar um chá de fraldas não é nada fácil, principalmente no finalzinho da gestação. Mas de uma coisa eu não tenho dúvidas, é gratificante quando tudo sai do seu gosto, cada detalhe, cada imaginação… Pesquisar como fazer, e escolher o tema, é a parte mais gostosa. Como esperava um menino, escolhi o tema “Catavento” e eu mesma fiz toda a decoração, utilizando dicas da Internet (que ajudam muito, pois a variedade é enorme). Ao invés de contratar uma empresa de decoração, aluguei apenas algumas peças e saiu bem mais em conta. Também não tive despesa com aluguel de espaço, pois fiz no salão de festas do condomínio onde moro. Escolhi fazer o chá à tarde e gostei pois não me cansei muito, o sol já estava mais baixo, o clima estava fresco, e tive tempo para ornamentar tudo com calma durante a manhã. Acho a ideia de um “chá da tarde” bem bacana, mas optei por servir salgados, bolo e doces (que também serviram para a decoração da mesa). Pesquisei direitinho e consegui encaixar todas as despesas no meu orçamento, afinal não queria gastar muito. Com relação aos convidados, sempre temos dúvidas de quem chamar, quem realmente vai… O ideal mesmo é convidar as pessoas mais próximas e saber que quanto mais gente você chamar, mais fraldas vai ganhar (risos)”.

 

chá de alice
Alice e suas Bonecas de Pano. Fotos: Arquivo Pessoal

(Ana Paula Bispo, Relações Públicas, mãe de Alice)

“O chá de fraldas foi o primeiro evento que fizemos para a nossa princesa Alice. E não importa se você tem muitos ou poucos recursos para realizar, pois tudo o que é feito com muito carinho e delicadeza, fica lindo! Não tem condições de encomendar aquele enfeite ou lembrança que viu na TV ou na revista? Pesquise na internet, somos criativas a ponto de aprendermos com vídeos e matérias sobre o assunto. Comigo foi assim. Fiz dois chás, com o tema “Bonecas de pano”, e eu mesma me encarreguei de tudo: convites, lembrancinhas e decoração. Primeiro fiz um chá no trabalho, um lanche da tarde onde servi doces, bolo, salgados e guloseimas. Recebi o carinho de diversos colegas e várias fraldas também. Depois fiz um almoço simples, em casa mesmo, só para a família. Escolhi um domingo e servi caldo de sururu de entrada, feijoada para o prato principal e mousse de maracujá de sobremesa, além de diversos docinhos que fizeram a alegria da criançada. Para que esse momento seja prazeroso, a mamãe tem que estar atenta aos detalhes, principalmente quando é ela mesma que vai organizar tudo. Reserve a data, veja direitinho quantas pessoas serão convidadas, escolha o local e o horário, o tema, o que vai servir (não encomende nada em excesso), escolha algumas brincadeiras bacanas para a festa ficar descontraída, escolha a trilha sonora e alguns vídeos para o momento (fica mais emocionante), e pense no seu figurino. Mostre o barrigão (pois é ele que todos querem ver antes do bebê nascer) e curta esse momento que é único e maravilhoso!”.

 

cmulhermenor

Comentários

comments