homeTricotando

Tricotando com a atleta Perla Specht

PerlaSpecht-camaçari-mulher-fisiculturista-saude-nutricão-musculação (9)“Deus é tão generoso que te dá a liberdade de plantar o que quiser, porém você colherá exatamente o que plantou!” Essa afirmação sempre trilhou os caminhos de Perla Specht, que desde cedo aprendeu a alimentar bons hábitos para colhê-los no futuro. O que ela não sabia, era que esses frutos seriam tão saborosos, capazes de transformar incerteza em determinação, e hobby em profissão. Fisiculturista e empresária, Perla não passa despercebida em nenhum lugar. Dona de um corpo milimetricamente definido, a camaçariense já acumula em sua trajetória mais de vinte títulos e diversas conquistas.  Mas quem pensa que ela limitou-se apenas a preparação do físico, se engana. E para conhecer um pouco mais do perfil dessa mulher de fibra o Camaçari Mulher foi tricotar com ela:

pink-306516_960_720

Como você decidiu seguir a carreira de fisiculturista?
Tudo começou ainda na adolescência, quando malhava apenas para manter a forma física e adquirir condicionamento, porém meu corpo foi mudando de forma tão satisfatória que resolvi continuar. Daí decidi participar do primeiro campeonato, quando senti meu corpo sendo examinado criteriosamente pelos avaliadores, percebi que era aquilo que queria para minha vida, nesse momento entendi que o hobby passou a ser foco e posteriormente um estilo de vida. Na época meu maior incentivador foi meu namorado e atual marido, Marcos Alves, também fisiculturista, que nunca me deixou desistir, abdicando de muitas coisas para me ver competir.PerlaSpecht-camaçari-mulher-fisiculturista-saude-nutricão-musculação (1)

Quais os maiores desafios que encontra nesse meio?

O preconceito. Infelizmente ainda existem aquelas pessoas que não conseguem respeitar as escolhas. Falta de informação, de respeito ou até de amor ao próximo, me deixavam muito decepcionada, porém, graças à evolução do esporte e o incentivo da mídia, hoje sofro muito menos.

PerlaSpecht-camaçari-mulher-fisiculturista-saude-nutricão-musculação (8)

Qual foi o momento mais marcante da sua trajetória?
Tive diversos momentos marcantes em minha carreira, que me trouxeram muitas alegrias como também reflexões. Mas posso citar dois, que considero determinantes para a minha consagração física e maturidade enquanto pessoa: O primeiro momento, foi em 2005, quando me tornei Campeã Brasileira de fisiculturista na categoria Miss Fitness, hoje ainda acumulo o título de ser a única atleta brasileira de fisiculturismo campeã em três categorias diferentes (miss fitness, body-fitness e wellens). Porém nem só de vitórias vive o homem, e meu segundo momento, foi bem complicado; na época eu e meu esposo estávamos passando por dificuldades financeiras, entretanto, tínhamos que começar a preparação para uma competição, nesse momento ele desistiu de competir, pois nossas economias não eram suficientes para as duas dietas. Essa decisão foi muito difícil para nós dois, pois sabíamos como era importante para ele mais esse desafio. Mas, graças a Deus, foi apenas uma fase.

Tem gente que acha que um corpo muito musculoso não é feminino. O que você pensa a respeito? Já chegou a sofrer algum preconceito por ter o corpo assim?

A opção de transformar o físico é uma decisão individual de cada um, acho que as pessoas têmque sentir-se bem fisicamente, e quando você decide transformar seu físico não deve se deixar abater com a opinião dos outros. Cada um tem livre arbítrio para fazer suas escolhas, e todos têm a obrigação de respeitá-las.PerlaSpecht-camaçari-mulher-fisiculturista-saude-nutricão-musculação (6)

O que você mais ama na sua carreira?

Existem muitas coisas que amo na minha carreira, como saber que estou incentivando várias pessoas a sair da vida do sedentarismo, bem como, a alegria de ser referência em musculação e boa forma física na cidade, sem falar na sensação de ansiedade que sinto durante a fase de preparação para competição, em especial a dieta, sentir o nosso corpo mudando a cada semana de dieta é impressionante, a tonificação e a sensação de bem-estar, só revelam a consequência de um trabalho bem feito, que eu adoro.

A quem você dedica toda essa conquista?
Sou uma pessoa muitPerlaSpecht-camaçari-mulher-fisiculturista-saude-nutricão-musculação (2)o grata, sei que não chegamos a lugar nenhum sozinhos, por isso costumo sempre agradecer às pessoas que me ajudaram a construir a Perla de hoje. Em especial, ao meu Deus pela força e pelos livramentos, sem Ele não teria chegado até aqui, ao meu esposo e técnico Marcos Alves, pela paciência, e por nunca desistir de mim, me fazendo acreditar que poderia transformar meu corpo. Ao meu nutrólogo Fernando Filho, a minha doutora Jackeline Panelli, da clínica Esculpir, a Léo Silva  da Mega – Muscle Nutrição Esportiva, a Lindacy maquiadora de luxo e a todos os meus fãs pelo carinho.

 

cmulhermenor

 

Comentários

comments