Enfrentamento

Conheça o aplicativo que ajuda no combate à violência contra a mulher

Faz de conta que você acabou de ver um telejornal e não foi surpreendida com nenhuma notícia que falasse sobre a violência contra as mulheres! Ficou surpresa?

Infelizmente, isso só acontece mesmo no mundo do “Faz de conta”. De acordo com a Central de Atendimento à Mulher, da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), mais de 38% das mulheres sofrem agressões diariamente, e esse número não para de crescer.

Medo do agressor, da sociedade, dos julgamentos, vergonha da família, dos amigos, incapacidade de retomar a vida… Estes são alguns dos fatores, que fazem milhares de mulheres se calarem e continuarem sofrendo nas mãos de seus agressores.

12809739_1079065655484243_3788941280311290881_n

Foi pensando nessas mulheres e em uma maneira que pudesse ajudar a reduzir esse cenário de violência, que a jovem Louise Cordier, de 19 anos, criou o aplicativo ‘VIVA VOZ’. “Após ouvir o relato da minha amiga que foi abusada e violentada pelo ex-namorado, resolvi criar um aplicativo para que nós tenhamos a coragem de denunciar e continuar ajudando umas às outras”, relata.

Disponibilizado na play store, o aplicativo funciona como um banco de dados, que garante o anonimato da vítima e facilita as denúncias ao gerar dados importantes para que as autoridades, como a polícia, ONGs e o Ministério Público, tomem as devidas providências, ajudando a diminuir os alarmantes números de casos de abusos contra a mulher.

12670666_1072302632827212_1241362125187051198_nLouise explica que é possível baixar o VIVA VOZ nos Smartphones com o sistema Android (bit.ly/VivaVozApp). E, para utilizar a ferramenta, é necessário que o aparelho esteja com o GPS ativado. Ao conectar, a usuária acessa um painel, onde encontra o mapa da violência, telefones úteis, dentre outros.

Depois de feita a ocorrência no aplicativo, a geolocalização da vítima entrará no mapa da cidade onde a denúncia foi feita, juntamente com o horário e a descrição, caso ela queira compartilhar. “Desta maneira,o aplicativo pode nos ajudar a compartilhar com outras vítimas os abusos sofridos através de relatos, mapear os locais onde ocorreram os assédios, denunciar o agressor e, acima de tudo, a nos unirmos contra todo e qualquer tipo de violência contra a mulher”, frisa. “A maior colaboração de cada pessoa com esta iniciativa, é baixar o aplicativo para relatar, denunciar e, principalmente, compartilhar com as pessoas a ideia de que juntos somos mais fortes”, finaliza Louise.

Saiba mais!

O App #VivaVoz foi, cuidadosamente desenvolvido pela agência digital de Salvador, Equilibra Digital, de forma voluntária. De acordo com Pedro Cordier, CEO da empresa, “iniciativas como da Louise, são uma demonstração de que existem pessoas que pensam além do próprio umbigo e estão preocupadas em colaborar com o outro, ajudando a melhorar o mundo ao nosso redor. Ela teve todo o apoio da equipe e, em especial de Marcos DiMoraes, desenvolvedor líder do projeto #VivaVoz”. Realça Pedro

pequeno

Comentários

comments